Blog head

Caminho de Navegação

Blog

Fique por dentro das principais notícias e soluções para o varejo

Como a falta de processos e controles em tempo prejudica a gestão financeira das empresas

Como a  falta de processos e controles de caixa em tempo real prejudicam a gestão financeira das empresas

#dinheiroseguro

 

A gestão de uma empresa de sucesso traz uma lista longa e extensa de desafios, todos com o objetivo único de manter uma estabilidade financeira para seu negócio.

É fato que muitas empresas lidam com problemas de fluxo de caixa e orçamento, em maior ou menor escala, mas o que importa é que todas sofrerão consequências se os desafios não forem tratados em tempo hábil.

Embora cada empresa enfrente seu próprio conjunto de variáveis, existem certos aspectos comuns a todos os setores. Por exemplo, sem capital disponível suficiente, você não pode pagar suas contas, prever como fará suas próximas grandes compras e muito menos investir em esforços que ajudarão você a expandir os negócios.

O gerenciamento financeiro e do orçamento são dois aspectos muito cruciais para o sucesso de um negócio, portanto, processos e supervisão ineficientes em qualquer uma dessas áreas podem levar a muitos problemas.

Além disso, a alocação de tempo dos profissionais da sua empresa para execução de atividades manuais de controle de processos financeiros, como batimento de caixa e conciliação de recebíveis, 'aparentemente' sem solução geram ineficiência e terminam por consumir tempo precioso com atividades facilmente 'automatizáveis' através do uso da tecnologia.

 

 

Você já parou para pensar qual é o trajeto do dinheiro físico dentro de sua empresa? Pense em todo o caminho percorrido pelo dinheiro desde que é entregue ao seu estabelecimento pelo cliente. Sangrias, recolhimentos, tubos de coleta a vácuo (pneumáticos), contagem, recontagem, armazenamento em cofres, espera pela retirada dos valores ou idas ao banco, prazo para conciliação bancária e finalmente o dinheiro em sua conta-corrente.

Mesmo sabendo que tempo é dinheiro, muitos empresários ainda acabam mantendo o padrão que acabamos de mencionar. Que tal analisar o mesmo caminho de dinheiro e verificar quantas pessoas têm contato com ele? Quantas pessoas sabem o montante que passa por cada um dos passos?

A perda financeira por infidelidade dos colaboradores é real, portanto, reduzir a quantidade de colaboradores que mantêm contato com o dinheiro e com a informação dos montantes transacionados em seu estabelecimento é um jeito de melhorar a eficiência de seu gerenciamento de perdas.

 

 

Para encerrar este artigo, vale à pena lembrar que reduzir o caminho ou a quantidade de pessoas em contato com o dinheiro dentro de sua empresa é uma estratégia de sucesso para minimizar perdas e ter um controle mais transparente de seu negócio. Os controles em tempo real fornecem as informações necessárias, no momento em que você precisar ou mesmo, assim que uma transação for concluída. A escolha deveria ser sempre sua. Na sua empresa você tem essa escolha?